Quando o indivíduo muda de endereço, deve pensar em vários fatores que também deverão ser alterados. Como a entrega de correspondências, atualização do valor de imposto e etc. Com o veículo é a mesma situação, seja por mudança de endereço do proprietário ou por venda para comprador de outro estado, os documentos serão modificados e atualizados.

Transferência de veículo para outro estado

Assim que fica definido que o veículo passará a circular de forma permanente em outro estado, o seu proprietário precisa atualizar a documentação do automóvel. O que é chamado de transferência de veículo para outro estado.

Agora que o automóvel estará em outra região, este deve seguir as normas da legislação local. No que se trata do cálculo de IPVA do próximo ano, taxa de licenciamento 2019 e os demais tributos cobrados sobre o veículo.

O Certificado de Registro de Veículo (CRV) é o documento que deve ser transferido. Atualizando o nome do novo comprador, o seu endereço e comprovando que o automóvel passa a cumprir com a legislação daquele estado.

Como transferir veículo para outro estado

A transferência do veículo para outra região é de suma importância, considerando que deixar de fazer esse processo acarreta em multa sobre o proprietário e sobre o veículo.

O interessado deve então, comparecer até um posto autorizando do Departamento de Trânsito (DETRAN) para que seja feita a transferência entre estados e até mesmo entre condutores.

Vale lembrar que o número do RENAVAM permanece o mesmo. Ainda que a CRV seja modificada, este código é permanente e único, sendo impossível modificá-lo.

Para realizar o processo, o proprietário deve ter em mãos os seguintes documentos:

  • CRV original;
  • Certificado de Licenciamento Anual (CRLV);
  • Comprovante de pagamento de débitos (impostos, encargos ou multas em aberto, caso existam).

Taxas para transferência

Para que seja alterado o CRV do veículo o proprietário precisa pagar uma taxa de transferência, o valor varia de acordo com cada estado.

No caso da transferência entre proprietários, o valor costuma ser entre R$120 e R$290. Quanto a modificação da localidade do documento, o valor é equivalente ao primeiro registro no Estado. E está dentro dessa média que foi descrita, não ultrapassando 300 reais.