Cresce cada vez mais o interesse por cursos técnicos. Isso acontece porque a contratação de tecnólogos também cresceu, as empresas estão optando por esses profissionais devido a grade curricular e rápida formação. Claro que isso não desvaloriza uma graduação, mas saber que há outras possibilidade, mais rápidas e baratas, de inserir-se no mercado de trabalho, é uma ótima notícia.

Conheça o PRONATEC

O Governo Federal tem criado programas e ações que visam o oferecimento de bolsas de estudos para os interessados em iniciar uma formação. E com o ensino técnico não foi diferente.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011, o seu objetivo principal é criar projetos e programas que possibilitem a oferta de cursos profissionais e tecnológicos.

Para isso, foram criadas ações de políticas públicas que possam alcançar o público alvo do projeto, que são estudantes do ensino médio da rede pública, trabalhadores e beneficiados de programas governamentais. Estas ações visam o crescimento de:

  • Programa Brasil Profissionalizado;
  • Rede e-Tec Brasil;
  • Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica;
  • Acordo de Gratuidade com os Serviços Nacionais de Aprendizagem.

Como funciona o Sisutec

O Sistema de Seleção Unificada do Ensino Profissional e Tecnológico (Sisutec), funciona nos mesmos parâmetros do SiSu, em que é concedida bolsa integral para cursos de graduação. A diferença é que o nível de formação é outro.

No Sisutec, os interessantes disputam bolsas de estudo integrais em instituições públicas e privadas. A inscrição e a escolha de curso, são feitas impreterivelmente via internet. No site oficial do programa.

Os candidatos podem escolher, por ordem de preferência, até duas opções de cursos e instituição. E conseguem acompanhar a sua classificação com base na nota de corte estipulada, isto é, pontuação mínima para estar entre os possíveis aprovados.

O sistema já registrou mais de 7 milhões de matrículas, com maior interesse nos cursos de segurança do trabalho, logística, enfermagem, informática e radiologia.

Diferença Pronatec e Sisutec

A diferença mais evidente entre os programas é que os interessados em uma bolsa do PRONATEC 2019, devem procurar por ações desenvolvidas pelo mesmo. Como o oferecimento de bolsas em instituições parceiras, por exemplo o Senai, Senac e Senat.

Enquanto que o Sisutec, não terceiriza a suas ações. E os interessados devem se inscrever diretamente no site do programa.

Em conclusão, os programas são diferentes porque um desenvolve ações para que aumentem as bolsas de estudos e programas de formação tecnológica. E o outro exercita essa ação oferecendo as bolsas.

Com estes sistemas é possível ingressar nas principais instituições de ensino, como a FAETEC 2019.